Geral

Dia D chama para imunização de crianças e adolescentes

26 de setembro de 2016
  • Por
    Luciana Mandler
  • Fonte
    Jornal Arauto
  • Foto: Luciana Mandler/ Jornal Arauto
    compartilhe essa matéria

    No Espaço Mamãe Criança, no centro de Vera Cruz, 145 crianças e adolescentes atualizaram a caderneta de vacinação no sábado, dia 24

    Desde o dia 21 de setembro até o sábado (24), em que ocorreu o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, 527 crianças menores de 5 anos foram até uma das três unidades de saúde que realizaram a ação em Vera Cruz para avaliação da caderneta de vacinação. Dessas, 220 crianças foram vacinadas, conforme aponta a enfermeira responsável pelo setor de imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, Jaqueline Thier Müller. Já para o número de adolescentes, entre 9 e 14 anos, que neste ano também fazem parte da campanha,  não há um instrumento de registro, sendo assim, não há parcial.

    Quem ainda não havia procurado uma das unidades de saúde, aproveitou o sábado para atualizar o esquema vacinal no Espaço Mamãe Criança, ESF Arco-Íris e ESF Vila Progresso, que funcionaram das 8 às 17 horas. No Espaço Mamãe Criança, houve fila de espera tanto na parte da manhã quanto à tarde. Segundo a enfermeira Jaqueline, 145 crianças e adolescentes, de 0 a 14 anos, foram imunizados na unidade ao longo do dia. 

    Rejane Nair Rickmann aproveitou a manhã de sábado para levar o filho César Henrique, de 4 anos para vacinar contra a pólio, única dose que estava pendente no esquema vacinal. Evelin Carvalho, de 10 anos, também foi até a unidade de saúde. Segundo a mãe Márcia Mota, sempre que há campanhas de vacinação, costuma levar a filha. Desta vez, Evelin precisou fazer os reforços da vacina contra HPV e febre amarela. Em sua caderneta já está agendada a próxima dose da vacina contra HPV, que será daqui a seis meses.

    Os irmãos David Luiz, de 1 ano e 5 meses, Suelen, de 4 anos e Ana Cláudia Oliveira, de 10 anos, colocaram o esquema vacinal em dia. David e Suelen tomaram as gotinhas contra a pólio, enquanto Ana Cláudia precisou fazer duas injeções: uma antitetânica e outra dose de reforço contra a febre amarela.

    Para aqueles que ainda não procuraram o Espaço Mamãe Criança e ESF Vila Progresso, que seguem com a ação, têm até o dia 30 deste mês, prazo final da campanha. 

    PÚBLICO – No sábado, o maior movimento de público foi crianças de 4 anos, que se imunizaram contra a pólio, e jovens com idade entre 9 e 14 anos, que fizeram reforços da vacina antitetânica e febre amarela, além de meninas que precisavam fazer o reforço da vacina contra HPV. Para a enfermeira Jaqueline, é importante que os pais continuem levando seus filhos para que fiquem de fato imunes contra as doenças. 

     

    Vídeos curtos