Geral

Juiz federal Sérgio Moro determina prisão de Eduardo Cunha

19 de outubro de 2016
  • Por
    Letícia Tais Dhiel
  • Fonte
    G1
  • Foto: Reprodução / O Globo
    compartilhe essa matéria

    O ex-presidente perdeu o foro privilegiado, que é o direito de ser processado e julgado no Supremo Tribunal Federal

    O juiz federal Sérgio Moro determinou a prisão do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) nesta quarta-feira (19). Moro é responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça. Cunha perdeu o mandato de deputado federal em setembro, após ser cassado pelo plenário da Câmara. Com isso, o ex-presidente perdeu o foro privilegiado, que é o direito de ser processado e julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

    Em resumo, a ação penal trata da existência de contas na Suíça em nome do ex-parlamentar. Cláudia Cruz, mulher de Cunha, já responde por lavagem de dinheiro e evasão de divisas na Justiça Federal do Paraná. De acordo com as investigações, Cláudia Cruz foi favorecida, por meio de contas na Suíça, de parte de valores de propina de cerca de US$ 1,5 milhão recebida pelo marido.

    Notícias relacionadas

    Vídeos curtos