Cultura e Entretenimento

Acervo dos personagens de Orival Pessini é incinerado: ‘Ele era único’

25 de outubro de 2016
  • Por
    Letícia Tais Dhiel
  • Fonte
    G1
  • criador-do-fofao-orival-pessini-morre-aos-72-anos.jpg
    compartilhe essa matéria

    Filho do ator diz que material foi destruído a pedido do pai

    A pedido do ator e humorista Orival Pessini, que morreu aos 72 anos no último dia 14 de outubro vítima de um câncer, o acervo com todos seus personagens foi incinerado nesta segunda-feira (24), em São Paulo, informou o filho, Pedro Pessini, de 27 anos, sem dar muitos detalhes. Entre os mais famosos como Fofão, do Balão Mágico e Patropi, um típico hippie universitário, vão ficar eternizados com o ator.

    “Meu pai sempre dizia que quando ele morresse, os personagens também iriam com ele, porque ele era único. Todos foram incinerados, as formas de gesso foram quebradas. Isso é um desejo antigo dele, desde que eu era adolescente ele já falava isso”, conta Pedro.

    Pessini nasceu em Pompeia, na região de Marília, em 6 de agosto de 1944. Ele foi levado ainda bebê para Marília, onde viveu até os sete anos.

    Pedro contou ao G1 que, apesar da incineração do acervo, novos projetos estão por vir. “Como pessoa ele se foi, mas os projetos continuam. Os projetos continuam, tem projeto para desenho animado do Fofão.”