Geral

Tribunal de Contas da União sugere bloquear bens de Dilma Rousseff

25 de setembro de 2016
  • Por
    Luiza Adorna
  • Fonte
    UOL
  • Foto: Agência Brasil
    compartilhe essa matéria

    TCU analisa culpa da ex-presidente e de outros ex-membros do conselho da Petrobras

    O relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) pede que Dilma e os ex-integrantes do Conselho de Administração da Petrobrás tenham os bens bloqueados por perdas na compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA). Esta é a primeira vez que há proposta de tornar indisponível o patrimônio dos investigados na Operação Lava Jato, por prejuízos de negócio. 

    É a primeira vez que o setor de auditoria da corte propõe tornar indisponível o patrimônio dos ex-conselheiros por prejuízos no negócio, investigado na Operação Lava Jato. A área técnica do tribunal pede que os ex-conselheiros sejam considerados responsáveis solidários por perdas de ao menos US$ 266 milhões (R$ 858,3 milhões). O bloqueio, inicialmente por um ano, visa a cobrir eventual ressarcimento à estatal.