Colunista

Luciano Almeida

Bastidores do futebol

As expectativas da Dupla Gre-Nal no meio da temporada

Publicado em: 10 de junho de 2024 às 11:16
compartilhe essa matéria

A temporada do futebol avança. Os estaduais ficaram para trás, o Campeonato Brasileiro foi retomado e as competições continentais encerraram a fase de grupos. Neste momento, é recomendável que cada time faça as suas avaliações, com base nas expectativas criadas. E que projete o que ainda vem pela frente.

Segundo corte. A fase de grupos da Libertadores, para o Grêmio, e da Sul-americana, para o Inter, chegou ao fim e já é possível estabelecer um segundo recorte para avaliação da Dupla na temporada. O primeiro deles, foi logicamente, o Campeonato Estadual, em que o Inter, outra vez sequer chegou à decisão e em que o Grêmio se reforçou e se ajustou durante a competição para chegar ao título. Pois terminada a fase de classificação dentro das chaves, o que se tem é o Grêmio classificado em segundo lugar de seu grupo e avançando às oitavas de final para enfrentar o Fluminense. O Inter, mesmo com um grupo muito frágil, com adversários inexpressivos como Delfin, Tomayapo e Belgrano, não conseguiu se classificar e, tendo ficado em segundo do grupo, vai para um confronto eliminatório com o Rosário Central para tentar seguir na competição.

Devendo. O Internacional terminou a temporada com um time bem ajustado e promissor. A este time, foram agregados reforços importantes, alguns de muito boa grife e com momentos importantes em suas carreiras. O técnico foi mantido. É, portanto, natural que o torcedor colorado (e mesmo a crítica especializada) tenham uma expectativa alta para temporada. E é inevitável constatar que até aqui, tomando dois recortes para avaliação, estas expectativas estão sendo frustradas. Com o grupo de jogadores que reuniu, não chegar outra vez à decisão do Gauchão e não conseguir vaga direta num grupo tão precário tecnicamente na Sul-americana, inspira muitos ajustes. E estes ajustes passam, necessariamente, por um trabalho mais assertivo do treinador, que mexe muito no time, que ainda não parece ter encontrado uma formação ideal e que se atrapalha em momentos decisivos. Com todas as variáveis e descontos que se possa dar aos times gaúchos nesta temporada, o Inter está devendo bastante ao seu torcedor.

Pode mais? O Grêmio, por seu turno, ganhou o Campeonato Gaúcho. E tendo começado muito mal a Libertadores, fez uma campanha de recuperação e conseguiu a classificação ainda antes da última rodada. Não conseguiu a liderança do grupo, mas vai adiante. Ainda assim, o Grêmio dá a impressão de que, com este grupo, pouco mais pode ser esperado pelo torcedor. Quando se olhado para os adversários e mesmo para o rendimento do time, é difícil imaginar o Grêmio brigando pelos títulos da Libertadores ou do Brasileiro. Especialmente porque embora tenha se reforçado, o grupo ainda tem carências importantes, muito especialmente no meio e na frente. Carência de qualidade e de quantidade de jogadores diante de um calendário tão exigente como haverá pela frente. A sensação é que o Grêmio faz o que pode, com o que tem.

Falta carisma. Qualquer torcedor de futebol, que acompanhe o jogo desde criança, sempre sabe e conhece os jogadores que vestem a camiseta da seleção brasileira. Houve tempos mais românticos que a escalação estava sempre na ponta da língua. Quando alguém que acompanha futebol diariamente simplesmente não sabe quem são vários dos jogadores que vestem a camisa mais emblemática do futebol mundial, é porque as coisas não vão exatamente bem. E embora esta seleção brasileira comandada pelo Dorival Junior comece a ter alguns resultados significativos, falta carisma e falta muito do talento que já se teve. Na verdade, falta muito para que o torcedor volte a se envolver com a seleção canarinho.

De volta. Maio se foi e com junho renasceu a esperança de dias mais normais. Inclusive para o esporte amador, que estava parcialmente paralisado e começou a voltar. No Único, a competição segue, basicamente utilizando os campos sintéticos. A Copa CFC Celso, promovida pela Lifasc, iniciou no final de semana. E em Vera Cruz o Campeonato Municipal se encaminha para a sua fase mais decisiva. E no final de semana, com uma atração de grife: Fábio Rockenmbach, meio campista com passagens destacadas por Inter, Grêmio e Sporting, de Portugal, entre alguns outros times importantes, esteve no Estádio da Colina defendendo as cores do Audax/Serrano na semifinal contra o Clube Vera Cruz.

Notícias relacionadas