Geral

Eleitores são presos por fazerem “selfie” na frente da urna

30 de outubro de 2016
  • Por
    Guilherme da Silveira Bica
  • Fonte
    Portal Arauto
  • compartilhe essa matéria

    Os casos foram registrados em Cuiabá, no Mato Grosso, e Caruaru, em Pernambuco

    Casos que foram corriqueiros nas eleições de 2014 voltaram a aparecer no segundo turno das eleições de 2016. As "selfies" nas cabinas de votação resultaram na prisão de quatro pessoas neste domingo (30). Os casos foram registrados em Cuiabá, no Mato Grosso, e Caruaru, em Pernambuco. Não há a confirmação se os registros indevidos feitos pelos eleitores chegaram a ser postados em alguma rede social.

    Os detidos vão responder por crime de violação do sigilo do voto, com pena que pode chegar a até dois anos de reclusão.