Geral

Em Candelária, já passa de 30 o número de desabrigados por causa da chuva

30 de abril de 2024
  • Por
    Paola Severo
  • Foto: Bombeiros Voluntários de Candelária
    compartilhe essa matéria

    Com a situação das chuvas na região, Candelária é um dos municípios afetados. De acordo com informações dos Bombeiros Voluntários do município, há ocorrências na fila de espera e foram registrados casos de inundação, alagamentos em residências e já passam de 20 as ocorrências atendidas pela corporação nas últimas horas.

    No município, a principal preocupação é com a região ribeirinha do Rio Pardo. No interior já são várias localidades sem acesso pro causa da enchente, além de bairros como Marilene. Também foram registrados casos de quedas de árvores na ERS-400 e na ERS-410. Por volta das 7h45, foi informado um bloqueio total de pista no Km 135 da RSC-287 em Candelária, devido às fortes chuvas e alagamento de pista.

    Segundo o coordenador da Defesa Civil de Candelária, João Vicente Carrão, o número de pessoas desabrigadas já passa de 30. “Tivemos cinco famílias alojadas, o que dá em torno de 25 pessoas, as quais deslocamos para casa de familiares. No Ginásio Aline Trindade nós estamos com uma pessoa dormindo, onde a gente fez um abrigo provisório, e essa pessoa vai ficar até amanhã porque ela mora na costa do rio, localidade do interior que é do município, e não teve como chegar em casa“, relata.

    João destaca ainda que a equipe passou a noite toda trabalhando e já realizaram mais de 30 atendimentos envolvendo os problemas com a subida da água. “O Rio Pardo está bastante volumoso, está saindo praticamente já no asfalto, e estamos monitorando. E essa chuva não para, a preocupação é grande”, disse.