Geral

Vera Cruz realizará 1º Feirão do Emprego no mês de maio

26 de abril de 2024
  • Por
    Jaqueline Rieck
  • Na data, das 13 às 16 horas, interessados devem realizar cadastro no ginásio poliesportivo do Parque de Eventos | Foto: Jaqueline Rieck/Jornal Arauto
    compartilhe essa matéria

    Está confirmado. Vera Cruz terá em 2024 o primeiro Feirão de Empregos. A data escolhida para a realização do evento foi 3 de maio, sexta-feira, em alusão ao Dia do Trabalho comemorado durante a semana, no dia 1º. Das 13h às 16 horas, o ginásio poliesportivo do Parque Municipal de Eventos vai receber os interessados em acessar oportunidades de emprego em diferentes empresas de Vera Cruz e Santa Cruz do Sul.

    Os esforços para a concretização desta primeira feira vêm de longa data. “Ano passado já tentamos viabilizar, mas infelizmente não conseguimos. Este ano nos adiantamos e já formalizamos a participação de empresas daqui e do município vizinho”, salientou o coordenador do Sine de Vera Cruz, Neri Göecks.

    A promoção da feira é uma parceria entre a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) e o município por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.  “É uma meta da FGTAS que todos os municípios organizem o feirão de empregos, então este ano tiramos o evento do papel.  Em maio também acontece o Empregar RS – maior evento de empregabilidade do Estado”, lembrou Neri.

    Se informe sobre: Governo reajusta em 52% auxílio-alimentação de servidores federais

    Segundo o Coordenador do Sine, o Feirão de Empregos tem por objetivo aproximar as pessoas que buscam uma oportunidade de trabalho às empresas que necessitam contratar profissionais. Até o momento, mais de 30 empresas foram visitadas e convidadas a estarem na feira, e muitas delas já confirmaram participação. “Nestas visitas, também ouvimos sobre a dificuldade de encontrar mão de obra por parte das empresas, então este evento será uma oportunidade para ambas as partes: empresas e trabalhadores”, ressaltou. Diversos setores estarão presentes no espaço, como calçadista, supermercado, farmacêutica, metalúrgica, alimentícia e logística.

    Justificando a escolha da data, Neri afirmou que o Feirão de Empregos vai ocorrer numa sexta-feira para que as empresas não precisem levar sua equipe de Recursos Humanos fora do horário de expediente. “Desta forma a adesão ficou mais viável. As empresas estarão presentes e farão entrevistas naquele dia. Tem gente que pode sair de lá com emprego garantido”, contou. Além de buscar mão de obra, muitas empresas possuem interesse em ampliar o cadastro reserva.

    Embora a safra do tabaco absorva boa parte da mão de obra local neste momento, Neri tem boas expectativas em relação à procura de oportunidade por parte dos trabalhadores.