Geral

Rio Grande do Sul deve receber novo lote de vacinas contra a dengue nos próximos dias

26 de abril de 2024
  • Por
    Assessoria de Imprensa
  • Informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nessa quinta-feira – dengue | Foto: Secretaria Estadual de Saúde/Divulgação
    compartilhe essa matéria

    O Rio grande do Sul deve receber, nos próximos dias, um lote de 126.132 doses de vacina contra a dengue, que serão distribuídas para seis municípios gaúchos. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde (MS) nessa quinta-feira (25). A data do envio das doses ao Estado ainda não foi definida.

    O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) está aguardando mais informações sobre a remessa dos imunizantes. Na próxima segunda-feira (29/4), será realizada uma reunião entre as equipes do Programa Nacional de Imunizações do MS e do Cevs.

    Leia ainda: Quase nove milhões de brasileiros enfrentam insegurança alimentar grave, aponta IBGE

    Conforme a Nota Técnica 47/2024 enviada aos Estados, os seguintes municípios serão contemplados:

    • Porto Alegre – 72.898 doses
    • Viamão – 14.982 doses
    • Alvorada – 12.985 doses
    • Gravataí – 16.425 doses
    • Cachoeirinha – 8.379 doses
    • Glorinha – 463 doses

    De acordo com o documento, a remessa de vacinas foi estruturada com o objetivo de garantir a continuidade da provisão para os municípios beneficiados nas etapas anteriores, além de expandir a cobertura para 625 novos municípios.

    Confira ainda outras notícias

    A ampliação visa otimizar a implementação da estratégia nacional de vacinação contra a dengue. A escolha dos municípios foi determinada com base em três critérios principais: o ranqueamento das regiões de saúde e de municípios, o quantitativo necessário de doses conforme a disponibilidade (prevista pelo fabricante) e o cálculo do total de doses a serem entregues em uma única remessa.

    O MS também informou que as vacinas destinadas à aplicação da segunda dose serão enviadas posteriormente, considerando o intervalo recomendado de três meses para completar o esquema vacinal.