Região

Famílias recebem auxílio para deslocamento em Santa Cruz

18 de outubro de 2016
  • Por
    Bruna Lovato
  • Foto: Guilherme Bica
    compartilhe essa matéria

    Em Vera Cruz, famílias de Vila Progresso começaram a ser retiradas

    Caminhões da prefeitura estão auxiliando os moradores do Bairro Várzea, em Santa Cruz, no deslocamento para saírem ou retornarem para suas residências. Por enquanto, nenhuma família precisou sair de casa. Em Vera Cruz, famílias da localidade de Vila Progresso começaram a ser retiradas. No Estado, 38 cidades tiveram danos com os temporais

    Conforme o comandante da Defesa Civil, Tenente José Joaquim Barbosa, o Rio Pardinho tem como nível normal entre 40 a 80 cm. No entanto, na manhã desta terça-feira (18), a régua apontava 7 metros e 30 centímetros. "O rio deu uma recuada na madrugada, mas com a chuva incessante, acredito que vai voltar a subir", alerta. O trânsito está fechado na Rua Irmão Emílio Konrad.

    Maior volume de água

    Segundo a Defesa Civil do Estado, o município que registrou o maior volume acumulado da precipitação nos últimos três dias foi Cachoeira do Sul, com 197 milímetros. A inundação já atingiu 50 moradias e desabrigou seis famílias no Piquiri. A Defesa Civil do município pede a doação de roupas, colchões, lençóis e cobertores. Quem tiver interesse em doar, basta ligar para um dos telefones do órgao: (51) 9756-1520 ou (51) 8425-4210.

    Maior número de famílias atingidas

    O município de Pantano Grande registra o maior número de famílias atingidas. Conforme informações da Coordenadoria de Defesa Civil municipal, cerca de 400 residências, de seis diferentes bairros, foram isoladas. Abrigos estão sendo organizados para que, se necessário, as pessoas saiam de casa. Um trecho da BR-290, no KM 215, que passa pela cidade, segue bloqueado por causa da água que invadiu a pista.  O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) sugere como rota alternativa, que seja utilizada a BR-471 através do contorno/rótula de Pantano Grande.

    Confira as rodovias estaduais bloqueadas:

    – RSC-153 (quilômetro 162), em Ernestina: árvore caída na rodovia. Trânsito está em meia pista.

    – ERS-463 (quilômetro 15), em Vila Lângaro: árvore caída na rodovia. Pista totalmente bloqueada.

    – ERS-149 (quilômetro 76), em Restinga Seca: totalmente bloqueada. Desvio sinalizado no local.

    – ERS-448 (quilômetro 32 ao 48), entre a ponte do Rio das Antas e Farroupilha: queda de barreira. Trânsito em meia pista.

    – ERS-446 (quilômetro 13), em Carlos Barbosa: queda de barreira interrompe tráfego na 3ª pista. Motoristas devem transitar com cuidado pelo local.

    – VRS-806 (Ponte sobre o Rio Caverá, quilômetro 1,3), em Alegrete: cheia limita tráfego a veículos de até duas toneladas. Os demais devem utilizar desvios por estradas municipais.