Cobertura Especial

Reconstrução da RSC-287 em Venâncio Aires deve contar com pontes secas

15 de maio de 2024
  • Por
    Assessoria de Imprensa
  • Nova proposta está sendo analisada pela Rota de Santa Maria, responsável pela administração da rodovia | Foto: Prefeitura de Venâncio Aires/Divulgação
    compartilhe essa matéria

    A Rota de Santa Maria, responsável pela administração da RSC-287, tem previsão de 30 dias para finalizar o desvio de três quilômetros que está sendo construído, a partir do quilômetro 61 da rodovia, em Venâncio Aires. No entanto, a concessionária ainda não tem prazo para conserto total do trecho.

    Saiba mais: Venâncio Aires já encaminhou R$ 9,5 milhões em pedidos de recursos para Defesa Civil Nacional

    A direção da empresa confirmou ao prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa, que estuda alterar o projeto original e de duplicação da rodovia, incluindo nos locais mais atingidos pelas enchentes. A nova proposta, segundo a Rota de Santa Maria, prevê a construção de pontes secas que possam minimizar futura ação das águas na região.

    A construção de pontes secas já foi ventilada em outras oportunidades, porém sem definição por parte da equipe técnica da rodovia. O rompimento total em quatro pontos de concreto, alterou este cenário. “Ainda vamos trazer o estudo preliminar ao prefeito e o debate com a comunidade será feito. Mas é certo que já estudamos sim a inclusão de pontes secas nesse processo de reconstrução da rodovia e não apenas na duplicação. A magnitude deste estrago nos confirma que é preciso repensar o futuro do trecho”, destacou o diretor César Cruvinel.

    Leia ainda: Saque FGTS está liberado para moradores de Venâncio Aires atingidos pelas enchentes

    Vídeos curtos