Cobertura Especial

Atendimento no Centro de Eventos é exclusivo para animais de áreas afetadas pela enchente em Santa Cruz

14 de maio de 2024
  • Por
    Portal Arauto
  • Fonte
    Prefeitura de Santa Cruz do Sul
  • Foto: Jaime Fredrich/Prefeitura de Santa Cruz
    compartilhe essa matéria

    Com a atuação de servidores municipais e voluntários, o Centro de Bem-Estar Animal vem realizando um trabalho efetivo de acolhimento aos animais domésticos afetados pela enchente. Entretanto, para que o serviço continue gerando bons resultados, a Prefeitura de Santa Cruz do Sul pede que a comunidade siga algumas orientações.

    Leia também: Cuidado com os pets ajuda a amenizar a dor das vítimas das enchentes em Venâncio Aires

    O médico veterinário do Centro de Bem-Estar Animal, Tiago Marques, destaca que a estrutura montada no Centro de Eventos do Parque da Oktoberfest está destinada exclusivamente ao atendimento de animais provenientes de áreas de enchente. “Animais encontrados em outros pontos da cidade não devem ser trazidos para cá”, avisa.

    Apesar de todo o zelo com que os pets estão sendo tratados, Marques salienta que a manutenção deles no local deve ocorrer apenas pelo tempo estritamente necessário, assim como os tutores devem seguir acompanhando-os durante a estadia. “Criamos esta albergagem temporária para este momento de crise, para estabilização dos animais e suporte às famílias”, esclarece.

    Tutores abrigados no Parque da Oktberfest que estão retornando para as próprias casas ou para a residência de familiares e amigos devem levar consigo seus animais. Marques salienta que a situação causa estresse aos bichos, devido à distância das famílias e o confinamento em pequenos espaços. Além disso, a estrutura está trabalhando no limite de atendimento, com mais de 80 animais recolhidos, atualmente. “Precisamos que os pets acompanhem seus tutores, na medida do possível. Ou, se tiverem alguém de confiança com quem os deixar, é recomendado”.

    O veterinário garante que será oferecido todo o suporte aos tutores de animais que saírem, com o fornecimento de ração, sachês e pote para alimentação, além de uma caminha. Os pets também receberão aplicação de vermífugo, produtos contra pulga e carrapato, microchipagem e vacina, além de cadastramento para castração gratuita pelo Município àqueles que desejarem.

    Conforme Marques, animais que não tiverem tutores identificados serão disponibilizados para adoção cinco dias após o encerramento dos trabalhos de acolhimento às famílias no Parque da Oktoberfest. “A gente faz um apelo aos tutores que ainda não encontraram seus cães ou gatos: nos procurem, acessem as redes sociais do Centro de Bem Estar Animal, das ongs e entidades,” recomendou.

    Cerca de 80 animais estão albergados na estrutura da Oktoberfest. Outros 24 estão no Canil Municipal Provisório, 32 em lares temporários e 23 em clínicas veterinárias voluntárias, todos oriundos de áreas de enchente. Aproximadamente 70% já tiveram os tutores identificados.

    As pessoas que estão em busca de animais de estimação perdidos durante a enchente, podem procurá-los diretamente no Centro de Eventos ou também através das redes sociais do Centro de Bem Estar Animal, ou na página Rede mais Pets, com as fotos e informações dos animais que ainda não tiveram seus responsáveis localizados. Também é possível enviar fotos dos animais para o telefone (51) 92001-3395, para que as equipes façam o reconhecimento entre os pets recolhidos.

    Para animais encontrados em outras áreas da cidade não afetadas pela inundação, o procedimento segue sendo a abertura de protocolo junto à Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade (Semass) e do Canil Municipal, estando o recolhimento do animal dependente de disponibilidade de vaga. Em casos de urgência e emergência, como animais atropelados ou machucados sem tutor identificado, a Guarda Municipal deve ser informada pelo telefone 153.

    Vídeos curtos