Esportes

União Corinthians é derrotado pelo Minas no Arnão

13 de abril de 2024
  • Por
    Emily Lara
  • Fonte
    Four Comunicação
  • Foto: Vinicius Molz Schubert / Basquete U. Corinthians
    compartilhe essa matéria

    Sem Duane, Rodrigo Silva aproveitou o jogo para rodar o elenco pensando na próxima fase

    Em noite de encerramento da primeira fase do Novo Basquete Brasil (NBB) 2023/2024, o União Corinthians, que garantiu a vaga aos playoffs com uma rodada de antecedência, fez um bom jogo, mas o Minas ficou com a vitória por 78×88 (23×21;21×29;15×17;19×21). A partida serviu para o técnico Rodrigo Silva rodar bastante o elenco, já visando à próxima etapa do certame.

    Leia também: Incêndio em residência é registrado em Santa Cruz

    O confronto seguinte ainda não tem adversário definido. O UniCo aguarda o resultado do duelo entre Bauru e Mogi, que jogam neste sábado, 13. Se o Mogi perder, a equipe santa-cruzense encara o mesmo Minas. Se vencer, o duelo do UniCo será contra o Franca. A disputa da próxima fase ocorrerá na modalidade melhor de três, com primeiro jogo em Santa Cruz do Sul.

    O quinteto inicial foi formado por Rasa, Machado Jr, Kendall, Enzo e Malachias. Machado Jr, com 26 pontos, seis rebotes e sete assistências, foi o grande destaque. Boa atuação também do capitão Enzo Ruíz, com 20 pontos. Do lado do Minas, o melhor foi Paranhos com um duplo-duplo, sendo 27 pontos e 12 rebotes.

    O jogo começou com uma enterrada de Malachias que de cara levantou o público no ginásio. A bola de três, que no duelo contra o Pato insistiu em não cair, passou a entrar e o UniCo logo tomou a frente do placar. Mas o duelo foi marcado mesmo pelo equilíbrio no primeiro quarto, com os ataques efetivos de ambos os lados. Aos seis de jogo, o Minas empatou e logo depois chegou a virar. Mas não demorou muito para o jogo coletivo do time de Santa Cruz do Sul prevalecer e a equipe retomar a dianteira: 23×21.

    O segundo quarto seguiu a tônica do primeiro, com muito equilíbrio. A diferença foi que nos primeiros minutos ambas as equipes passaram a errar mais na parte ofensiva. Porém, a partir dos cinco minutos, quando o Minas vencia por apenas um ponto, os ataques cresceram. O Minas apostava no jogo com o pivô Paranhos. No lado do União Corinthians, a aposta era na variação de jogadas. Até que nos dois minutos finais, os visitantes tiveram mais acertos e conseguiram abrir margem. A vantagem foi diminuída nos segundos finais, com boas jogadas de Machado Jr: 44×50.

    No terceiro período, os mineiros começaram dominantes e abriram dez de frente. A situação fez o técnico Rodrigo Silva pedir tempo. Somente depois, com quase quatro jogados, que o UniCo conseguiu marcar seus primeiros pontos. Uma bola de três de Kendall, logo após, voltou a animar o torcedor. Já no terço final do quarto, o Minas conseguiu retomar o aproveitamento no ataque, mas não demorou muito para a equipe santa-cruzense voltar a ser efetiva e intensa, reduzindo a vantagem dos visitantes: 59×67.

    O último quarto começou com o União Corinthians mostrando força. Com bom aproveitamento no ataque e nos rebotes ofensivos, a transição rápida fez a equipe abrir uma corrida de 7-2 nos primeiros dois minutos. O time seguiu bem até os sete jogados, quando os erros voltaram a pesar e o Minas voltou a ampliar uma vantagem que chegou a ser de apenas três pontos, fechando em: 78×88.