Esportes

Em noite de aniversário, União Corinthians garante classificação inédita aos playoffs

11 de abril de 2024
  • Por
    Nícolas da Silva
  • Fonte
    Four Comunicação
  • Foto: Vinicius Molz Schubert/Basquete U. Corinthians
    compartilhe essa matéria

    Time perdeu o jogo nos últimos segundos, após equilíbrio ao longo da partida

    Em uma partida decidida nos segundos finais, o União Corinthians acabou superado pelo Pato Basquete. Mesmo com a derrota de 75×77 (22×15;20×28;16×19;17×15), o UniCo, que completou 158 anos nessa quarta-feira (10), garantiu a tão almejada vaga aos playoffs do Novo Basquete Brasil (NBB) 2023/2024 com uma rodada de antecedência em função de resultados paralelos. A equipe ainda joga pela primeira fase nesta sexta-feira (12), contra o Minas, no Arnao. A bola sobe às 19h30min.

    Rasa, Pedro Nunes, Duane, Enzo e Malachias formaram o quinteto inicial. Duane com 15 pontos foi o cestinha do União Corinthians. Destaque também para Malachias, que anotou 14 pontos e cinco rebotes. Do lado do Pato, o melhor foi Veríssimo, com um duplo-duplo: 12 pontos e 12 rebotes.

    Ligado, o União Corinthians começou o jogo com tudo. Forte na marcação, a equipe santa-cruzense dominou os rebotes defensivos e em um combo de roubadas de bola e transição rápida abriu margem na frente, empolgando o torcedor. A partir dos cinco minutos, os visitantes equilibraram a partida. Porém, o UniCo seguiu bem também na parte ofensiva. A rotação funcionou e o time fechou o quarto na frente: 22×15.

    No segundo quarto, a equipe de Santa Cruz do Sul não conseguiu manter o ritmo. O poder de marcação caiu, assim como a efetividade no ataque. O Pato aproveitou, virou, e chegou a abrir grande margem de frente, se valendo principalmente da mão quente do perímetro do venezuelano Materan. Quando o cronômetro já estava no terço final o União Corinthians reagiu. Após uma série de trocas, o time se encaixou em quadra e com a marcação ajustada e maior índice de acertos no ataque reduziu o prejuízo na saída para o intervalo: 42×43.

    Leia também: Inter fica no empate sem gols com o Real Tomayapo no Beira-Rio

    O terceiro período começou com erros de ambos os lados no ataque. As defesas levaram vantagem durante os três primeiros minutos. Bem marcado, o UniCo tentava na bola de três, que não caiu ao longo de todo o período. Em um quarto equilibrado, o time santa-cruzense conseguiu melhorar o aproveitamento ofensivo nos minutos finais, mas ainda assim sem conseguir tomar a frente do placar: 58×62.

    O último período iniciou com os setores ofensivos em vantagem. O Pato chegou a abrir uma vantagem de sete pontos após um começo equilibrado. Mas o único não demorou muito para voltar para o jogo e empatar aos 5’30. Destaque para Malachias, com um bom trabalho no garrafão. Daí até o fim a partida foi lá e cá. Aos 11 segundos tudo igual no placar após uma sequência de lances livres. Mas faltando quatro segundos, Barnes converteu no garrafão e botou o Pato na frente. O UniCo até tentou a virada, mas o arremesso de Duane não caiu. Fim de jogo: 75×77.