Polícia

Polícia ambiental apreende 49 pássaros silvestres em residência de Santa Cruz

10 de abril de 2024
  • Por
    Nícolas da Silva
  • Fonte
    Portal Arauto
  • Foto: Patram/Divulgação
    compartilhe essa matéria

    Grupo de Polícia Militar Ambiental de Rio Pardo realizou atendimento de denúncia nesta quarta-feira

    Nesta quarta-feira (10), a guarnição de serviço do 2º Grupo de Polícia Militar Ambiental de Rio Pardo, em ações de Polícia de Proteção Ambiental, realizou atendimento de denúncia sobre manutenção de pássaros silvestres em cativeiro, em Santa Cruz do Sul.

    Durante a fiscalização na residência juntamente com a Secretária Municipal de Meio Ambiente, foi constatado a manutenção de 49 pássaros silvestres em cativeiro, dentre os espécimes de Trinca-Ferro ( Saltator similis),  Azulão (Cyanocompsa brissonii ), Saí-Andorinha (Tersina viridis), Sanhaço-Frade ( Stephanophorus diadematus), Sanhaço-de-fogo (Piranga flava), Canário-da-terra (Sicalis flaveola), Coleirinho (Sporophila caerulescens), Gaturamo-verdadeiro (Euphonia violacea), Gaturamo-bandeira (Chlorophonia cyanea) e Azulinho (Cyanoloxia glaucocaerulea), sem que o proprietário tivesse qualquer tipo de registro junto ao órgão competente.

    O proprietário da residência foi autuado pelo crime ambiental de manter fauna silvestre em cativeiro sem qualquer tipo de registro junto ao órgão ambiental competente, conforme o previsto na Lei Federal 9.605/98, sendo lavrado Boletim de Ocorrência na modalidade de Termo Circunstanciado, sendo os pássaros apreendidos e recolhidos pela Secretária Municipal de Meio Ambiente, para destinação adequada.

    Leia também: Foragido é preso pela BM em moto com placa adulterada em Santa Cruz

    Vídeos curtos