Geral

“Não teremos escassez de alimentos”, afirma presidente do Sindigêneros

6 de maio de 2024
  • Por
    Emily Lara
  • Foto: Freepik/Reprodução
    compartilhe essa matéria

    As fortes chuvas que assolam a região desde a última semana têm causado uma procura desesperada por mercadorias nos supermercados. Ao longo dos dias, foi possível notar filas nos caixas e estacionamentos, além da necessidade constante de repor produtos nas prateleiras.

    O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios (Sindigêneros) Vales do Rio Pardo e Taquari, Celso Canísio Müller, afirmou que a população não precisa se preocupar, pois não haverá falta de alimentos nos supermercados.  “Temos para mais 20 dias produtos, tranquilamente. E eu acredito que semana que vem tudo já se normaliza”, disse.

    Ele destacou que poderá acontecer faltas pontuais de itens que compõem a fruteira como alface, beterraba, entre outros. Müller ressaltou ainda que o abastecimento de carne também está normalizado.  “Fiquem tranquilos, vai ocorrer tudo dentro da normalidade. Não teremos escassez de alimentos”, concluiu.