Geral

Quase três mil pessoas devem realizar provas do Concurso Público Nacional em Santa Cruz

5 de abril de 2024
  • Por
    Eduardo Elias Wachholtz
  • Fonte
    Assessoria de Imprensa
  • Foto: Eduardo Wachholtz/Portal Arauto
    compartilhe essa matéria

    Aplicação ocorre no dia 05 de maio em 228 municípios do país

    O Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), modelo inovador de seleção de servidores públicos criado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), está na sua reta final. As provas serão daqui a um mês, no dia 5 de maio, em 228 cidades do país. No Rio Grande do Sul, o certame será aplicado em dez municípios. Porto Alegre é a cidade com mais inscritos, com 38.292 candidatos do total de 80.348 inscritos no RS.

    LEIA TAMBÉM: Rede hídrica em Linha Arroio do Tigre vai abastecer 70 famílias

    Com 2,1 milhões de inscritos, o CPNU já é o concurso com o maior número de candidatos realizado no Brasil, superando os recordes anteriores, dos certames do Banco do Brasil de 2021 e 2022, que registraram, respectivamente, 1,6 e 1,5 milhão de inscritos.

    Confira abaixo o número de inscritos em cada um dos locais de prova do estado do Rio Grande do Sul:

    • Bagé – 2.594
    • Caxias do Sul – 3.172
    • Farroupilha – 1.275
    • Passo Fundo – 5.038
    • Pelotas – 11.013
    • Porto Alegre – 38.292
    • Santa Cruz – 2.978
    • Santa Maria – 9.003
    • Santo Ângelo – 4.385
    • Uruguaiana – 2.598

    Ofício

    O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) enviou ofícios aos governadores e prefeitos dos municípios onde serão aplicadas as provas. O documento solicita cooperação para garantir a segurança e a logística necessárias à realização do certame. A correspondência, assinada pela ministra da Gestão, Esther Dweck, destaca a importância de evitar a realização de grandes eventos nas cidades onde o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) será realizado, em 5 de maio, a fim de facilitar o deslocamento dos candidatos e garantir a segurança nos locais de prova.

    Além disso, a Fundação Cesgranrio, empresa aplicadora do concurso, em parceria com órgãos como a Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, está em contato com as autoridades estaduais e municipais para tratar de questões logísticas e de segurança.

    Também para viabilizar a logística e a segurança do certame, uma rede de aplicação foi estabelecida conectando órgãos das administrações públicas federais e estaduais. Houve, inclusive, a integração com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Força Nacional (FN) e Secretarias de Segurança Pública Estaduais.