Geral

Fábrica de chocolates artesanais deve ser ampliada em Santa Cruz

5 de abril de 2024
  • Por
    Emily Lara
  • Fonte
    Prefeitura de Santa Cruz do Sul
  • compartilhe essa matéria

    Empresa pretende investir R$ 40 milhões para ampliação física e a implementação de uma nova linha de produção

    Nesta semana, a prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany, realizou uma visita à fábrica de chocolates artesanais Catterino, instalada na unidade local da Germani Alimentos. Foram discutidos os planos de expansão que prometem impulsionar ainda mais o desenvolvimento econômico do município.

    Leia também: Concretagem do sexto e último bloco do viaduto do Arroio Grande é concluída

    Helena e sua equipe foram recebidos pelo diretor industrial do Grupo Dallas, responsável pela Germani Alimentos, Carlos Adriano Ferrugem. Ele explicou que o investimento na produção de chocolates estava previsto para ocorrer em São Paulo, mas Santa Cruz do Sul acabou sendo escolhida. Para o início das vendas, foi instalada uma loja no Lisaruth Open Mall que deve servir de modelo para futuras franquias.

    Agora, a empresa está prestes a dar mais um passo importante: um aporte adicional de R$ 40 milhões para ampliação física e a implementação de uma nova linha de produção, que terá capacidade para 1,2 mil quilos de chocolate por hora, possibilitando 34 itens com formatos e sabores diferentes. O objetivo é ingressar também no setor varejista.

    Para a prefeita Helena Hermany, esse investimento é um marco crucial para o desenvolvimento econômico de Santa Cruz do Sul. "A expansão da fábrica de chocolates Catterino e a instalação da nova linha de produção são passos significativos para a diversificação da economia local. Além de gerar empregos diretos e indiretos, essa iniciativa contribui para o crescimento sustentável de nossa comunidade", afirmou a prefeita.

    O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Cesar Cechinato, também destacou a importância desse investimento para o município. "A decisão do Grupo Dallas de investir em Santa Cruz do Sul demonstra a confiança no potencial econômico da nossa cidade. Essa ampliação da fábrica e a instalação da nova linha de produção não apenas fortalecem nossa economia local, mas também atraem olhares para o nosso polo industrial, estimulando o crescimento de outros setores", ressaltou Cechinato.

    Com a previsão de conclusão da ampliação da fábrica e da instalação da nova linha de produção para julho deste ano, Santa Cruz do Sul se prepara para colher os frutos desse investimento que promete deixar um sabor doce tanto para os amantes de chocolate quanto para a economia local.