Geral

A saúde pelo estilo de vida é um dos assuntos do Painel Arauto

5 de abril de 2024
  • Por
    Jaqueline Rieck
  • Fonte
    Jornal Arauto
  • Eugênio Barreto
    compartilhe essa matéria

    William Rutzen é um dos convidados para o evento que ocorre dia 9, na Comunidade Evangélica de Vila Progresso

    A campanha Sempre em Movimento do Grupo Arauto de Comunicação assumiu nova temática em abril: a saúde. O mês engloba muitas campanhas importantes na área da saúde, incluindo o Dia Mundial da Saúde. Por isso, nesta ocasião, a realização da campanha em formato de painéis, com dois profissionais altamente qualificados para conversar sobre o tema.“Como buscamos estar próximos da comunidade, a localidade de Vila Progresso, em Vera Cruz, foi a escolha da vez para o primeiro painel” explicou a diretora executiva do Grupo Arauto, Daiana Theisen. 

    LEIA TAMBÉM: Quando o diagnóstico não paralisa a vida de quem a vê com otimismo

    A expectativa é de que o público compareça ao evento que vai ser mediado pelo comunicador Pedro Thessing, e contará com a participação do médico William Rutzen e da nutricionista Camila Mai abastecendo a comunidade com informações com a finalidade de promover bem-estar e melhor qualidade de vida. O acesso ao evento é gratuito.

    William Rutzen

    William é formado em Medicina pela Unisc, especialista em Clínica Médica pelo Hospital Santa Cruz e em Medicina Intensiva pelo Hospital Moinhos de Vento. É pós-graduado em Nutrologia pela Universidade de São Paulo e Coach em Saúde pelo Primal Health Coach Institute, da Flórida, nos Estados Unidos. Possui consultório em Santa Cruz do Sul, porém atende por meio da telemedicina pacientes de todo o Brasil, além de brasileiros que moram no exterior. Sua atuação é focada em intervenções no estilo de vida do paciente para, assim, atender suas particularidades e doenças, colocando-o sempre no papel de protagonista  de sua própria saúde.

    Sobre o evento

    Segundo William, a ideia  da conversa é mostrar, apresentando dados, a direção perigosa em termos de adoecimento a que as pessoas  têm se encaminhado. “E demonstrar o que pode ser feito a respeito”, antecipa.

    Sua própria história de vida é um convite para uma virada de chave àqueles que  desejam viver com melhores hábitos e melhor qualidade de vida. “Aos 30 anos, há poucos dias do nascimento do meu primeiro filho, percebi que minha saúde estava indo pelo ralo. Estava acima do peso, com uma doença autoimune francamente ativa, utilizando diversas medicações e ainda com dor, e sem nenhuma qualidade de vida. Em uma noite não consegui me abaixar para pegar meu filho chorando no berço, prometi que não deixaria isso acontecer nunca mais. A partir do dia seguinte iniciei uma jornada em busca de conhecimento sobre como nosso estilo de vida pode nos ajudar a melhorar a nossa saúde. Meu primeiro paciente fui eu mesmo. O resultado que obtive com pequenas mudanças foi chocante. Percebi que, como médico, entendia muito de doenças, mas quase nada de saúde”, confidenciou.

    Vídeos curtos