Polícia

Operação da PF que mira contrabando e trabalho escravo cumpre mandados em Santa Cruz

4 de abril de 2024
  • Por
    Nícolas da Silva
  • Fonte
    Polícia Federal
  • Foto: Polícia Federal/Divulgação
    compartilhe essa matéria

    Organização criminosa empregava trabalhadores paraguaios para realização das atividades em fábricas clandestinas de cigarros

    A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quinta-feira (4) mandados de busca e apreensão em Santa Cruz do Sul, Porto Alegre, São Paulo, Sorocaba (SP), visando coibir fabricação clandestina de cigarros, contrabando e trabalho escravo, no contexto da segunda fase da operação Servi Fumi, deflagrada em julho de 2023.

    A organização criminosa empregava trabalhadores paraguaios, que ficavam privados de liberdade, para realização das atividades em fábricas clandestinas de cigarros.

    Os investigados responderão por contrabando, organização criminosa e trabalho escravo, cujas penas somadas podem chegar a até 21 anos de reclusão.

    Leia também: "Vi um assassino sair pela porta da frente", lamenta filha de homem morto após jogo de canastra

    Vídeos curtos