Região

Hospital de Vale do Sol quer retomar cirurgias neste mês

3 de novembro de 2016
  • Por
    Guilherme da Silveira Bica
  • Fonte
    Jornal Arauto
  • Foto: Jornal Arauto
    compartilhe essa matéria

    Praticamente cinco meses já se passaram desde a interdição do Centro Cirúrgico por determinação da Vigilância Sanitária do Estado

    O Hospital Vale do Sol está desde o dia 9 de junho sem poder realizar cirurgias em sua estrutura. Praticamente cinco meses já se passaram desde a interdição do Centro Cirúrgico por determinação da Vigilância Sanitária do Estado. Desde então, o hospital está em adequação com a reforma da área de 187,44 metros quadrados. A obra está na reta final, falta apenas a instalação da manta vinílica, o piso para as salas do bloco. Depois disso, explica o administrador da casa de saúde, Marco Machado, é preciso agendar vistoria com a 13ª Coordenadoria Regional da Saúde para obter a liberação de uso do centro cirúrgico e obstétrico. A expectativa é de que isso ocorra ainda neste mês de novembro, para que o HBVS possa retomar os serviços.

    Durante estes cinco meses de reforma do espaço, a demanda de Vale do Sol foi absorvida pelo Hospital Regional de Rio Pardo. O administrador Marco Machado aponta que a média mensal é de 13 procedimentos no centro cirúrgico e obstétrico, sendo 10 partos e três cirurgias gerais, na maior parte feitas de forma particular, gerando renda para a instituição. A estimativa de custo total desta obra de readequação é de R$ 100 mil, o que tem sido pago com recursos próprios e com muita ajuda comunitária, fruto de doações, rifas, pedágios e eventos beneficentes promovidos pelo hospital.