Geral

Estado aguarda realocação de recursos para iniciar obras da ERS-130

2 de abril de 2024
  • Por
    Mônica da Cruz
  • Fonte
    Assessoria de Imprensa
  • Foto: Rui Borgmann/Assessoria de Imprensa Airton Artus
    compartilhe essa matéria

    Trecho em Vila Mariante, no interior de Venâncio Aires, foi afetado pela enchente do ano passado

    A ERS-130, em Vila Mariante, no interior de Venâncio Aires, deve receber as obras de melhorias somente no mês de maio. A informação foi repassada pelo Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer) durante reunião com o deputado estadual Airton Artus (PDT). O trecho foi afetado pela enchente registrada no ano passado no Vale do Taquari. 

    O encontro foi realizado na sede do Daer, nessa terça-feira (2), a pedido de Artus, que buscava entender o motivo do atraso das obras, anunciadas pelo próprio governo, em dezembro do ano passado. Conforme o secretário-adjunto de Logística e Transportes, Luiz Gustavo de Souza, algumas empresas licitadas para a realização das obras, precisaram se deslocar para outros municípios que também sofreram prejuízos. “As últimas chuvas trouxeram grandes prejuízos, arrancando bueiros e trancando drenos, quebrando o roteiro para obras mais emergenciais”, explicou Souza. 

    Leia mais: “Diálogo é essencial para que governador retire decretos”, afirma Airton Artus sobre aumento do ICMS

    A expectativa, segundo o Daer, é de que as reformas, tanto na ERS-130, em Vila Mariante, e também de recapeamento da VRS-816, entre Grão-Pará e Linha Travessa, comecem nas primeiras semanas de maio. 

    Na oportunidade, Artus sugeriu a criação de um projeto que contemple com pavimentação mais um trecho da ERS-422, entre Linha Brasil e Vila Deodoro. Para o complemento da obra, que atualmente conta com cerca de dez quilômetros, seriam necessários pavimentar dois trechos. São três quilômetros de Linha Brasil a Maria Madalena e mais quatro quilômetros até Vila Deodoro. 

    Vídeos curtos