Mato Leitão tem o primeiro caso confirmado de dengue


Publicado em 25/05/2019 09:19 Atualizado em 25/05/2019 09:21 Geral   SAÚDE PÚBLICA Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mato Leitão

A Secretaria de Saúde confirmou nesta sexta-feira (24) um caso de dengue ‘importado’ em Mato Leitão. Trata-se de uma mulher e que teria viajado para outro Estado onde há registros da doença. Ela se recupera bem e não precisou de internação hospitalar. Outro caso suspeito, também considerado ‘importado’, foi descartado após exames laboratoriais.

Autoridades destacam que o Município não registra focos do mosquito Aedes aegypti (transmissor da doença). No início deste mês, dias 8 e 9, agentes comunitárias de Saúde realizaram nova etapa de vistoria em inúmeros imóveis, através do Levantamento de Índices de Aedes (LIA). No trabalho, larvas suspeitas foram encaminhadas para análise no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Santa Cruz do Sul, sendo que o resultado deverá ser liberado nos próximos dias.

A melhor forma de prevenção da dengue é a eliminação dos focos de mosquito, locais com água limpa e parada. A recomendação para pessoas que apresentarem algum sintoma suspeito é de procurar imediatamente o serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

ORIENTAÇÕES

Como eliminar possíveis focos do mosquito: tampar caixas d’água, tonéis e latões; utilizar cloro ou água sanitária em caso de recipientes de armazenamento; guardar garrafas vazias viradas para baixo; guardar pneus sob abrigos; não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia, lembrando de lavá-los 1 vez por semana no mínimo; manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises; manter lixeiras fechadas; manter piscinas tratadas o ano inteiro; algumas gotas de hipoclorito/água sanitária nas bromélias.

SINTOMAS DA DENGUE

Febre alta (maior que 38,5°C), de início abrupto e que dura entre 2 e 7 dias; dores musculares intensas; dor ao movimentar os olhos: mal-estar; falta de apetite; dor de cabeça; manchas vermelhas no corpo.

PortalArauto
No início deste mês, agentes comunitárias de Saúde realizaram nova etapa de vistoria em inúmeros imóveis (Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mato Leitão/ Divulgação)











Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB