Quando parte de você gera um filho


Publicado em 09/07/2019 14:03 Atualizado em 09/07/2019 14:22

Talvez nunca tenham te contado, mas quem já passou por essa experiência sabe sobre o que vou falar. Quando sua irmã engravida, você também gera uma vida. Os noves meses são mais do que uma espera ansiosa pela chegada. O período da gestação te forma, aos pouquinhos, para a missão de Deus de ser tia.

Ainda lembro direitinho do dia em que descobri. Uma foto enviada pelo WhatsApp, informando que minha vida jamais seria igual. Meu sobrinho ainda não nasceu. Falta pouco. Mas minha existência já possui mais significado há quase nove meses.

Enquanto você espera, com as alegrias a cada compra e a emoção a cada chute sob suas mãos, é possível sentir o quanto as 24 horas do dia podem ser longas. É o tique-taque do relógio que te separa do abraço que você ainda não ganhou, mas já sabe o quanto terá significado.

Para as titias sem filhos, como eu, a experiência pode ser ainda mais intensa. Não sabemos o quanto o enjoo é ruim, nem sofremos as dores dos últimos meses ou do parto. Não conhecemos a experiência de passar a madrugada acordada atenta à respiração do bebê e nem temos prática com fraldas, sapatos e sintomas em forma de chorinhos.  Porém, ao tentar imaginar tudo isso como função de sua irmã ou irmão, alguém que você tanto ama, a admiração e a expectativa por eles se torna ainda maior.

E eu sei que quando ele vier e chorar pela primeira vez, minha irmã virará mãe e eu me tornarei outra. Sei que meus dias depressivos vão reduzir, terei novas prioridades e a distância entre a minha cidade e a dela se tornará menor. Sei que vou ter mais paciência, mais cautela e uma vida com ainda mais amor.

Ainda há tanta coisa para sentir, mas já sou a tia mais feliz do mundo por saber que ele existe e está por vir. Que Deus abençoe todos os bebês que chegarão para mudar a vida dos seus pais, mas também a existência de quem acompanha tudo de perto. Afinal, quando uma irmã engravida, parte de você gera um filho.

Para Murilo, o amor da minha vida que eu ainda irei conhecer. 

E para Suelen, parte de mim que hoje o espera. 

PortalArauto





Luiza Adorna

Jornalista, sonhadora e escritora. Apaixonada pelas letras e pelo jornalismo desde criança. Gosta de observar a vida e registrar o que enxerga pelas ruas. Gosta de contar a história das pessoas. Gosta de narrar a existência humana. Notas de Rua é um blog sobre a vida, sobre o cotidiano e sobre aquilo que não deve passar despercebido.




Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br CH