Está tudo errado


Publicado em 22/10/2018 Atualizado em 22/10/2018 14:40

Eu não queria, mas esse é mais um texto motivado por um fato horrível e cruel. Eu não queria mais escrever sobre isso, mas aqui estou para falar da morte de mais uma inocente. Desta vez, uma menina de apenas nove anos que, ao brincar na frente de casa, foi conduzida ao local onde teve a vida ceifada. Ainda não se sabe muito sobre o caso de Eduarda Herrera de Melo, encontrada morta na manhã desta segunda-feira (22), às margens de uma rodovia de Alvorada. Mas eu sei que está tudo errado.

Ao ver a foto de Kendra Herrera, mãe de Eduarda, após reconhecer o corpo da filha que estava parcialmente imerso na água, só consegui sentir revolta. Ódio desse sistema em que vivemos onde criminosos, estupradores, bandidos e psicopatas vivem entre nós mesmo quando já são conhecidos da polícia. Não se sabe ainda quem matou Eduarda, mas me revolta saber que pode ter sido um bandido que teve a saída liberada ou um ladrão que antes desse crime foi considerado inofensivo por ter apenas um roubo de celular na lista de antecedentes.

Eu estou cansada de sentir medo e de sentir dor ao ver tanta gente boa morrer. Eduarda ainda tinha uma vida para construir e agora só restou a dor da mãe que, sinceramente, não sei como conseguirá se erguer. Enquanto Kendra chora a morte da filha, outros inocentes morrem. Enquanto Eduarda será velada, criminosos, com a segurança frágil de uma tornozeleira eletrônica, são liberados para viver um dia em sociedade. Posso parecer radical. Posso estar errada. Mas eu não entendo até quando gente ruim vai ter direitos, enquanto nós, inocentes, caminhamos e respiramos com medo todos os dias. Eu não quero que o assassino de Eduarda seja mais uma vítima da sociedade. Eu quero que o mundo mude e que outras meninas possam brincar, sem medo, em frente de casa. 

PortalArauto





Luiza Adorna

Jornalista, sonhadora e escritora. Apaixonada pelas letras e pelo jornalismo desde criança. Gosta de observar a vida e registrar o que enxerga pelas ruas. Gosta de contar a história das pessoas. Gosta de narrar a existência humana. Notas de Rua é um blog sobre a vida, sobre o cotidiano e sobre aquilo que não deve passar despercebido.




Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br