Ranking de seleções


Publicado em 17/08/2018 Atualizado em 17/08/2018 09:00

 

O sexto lugar na Copa do Mundo até que não fez tão mal à Seleção no reformulado ranking da Fifa. Divulgada nesta quinta-feira, a primeira classificação depois do torneio põe o Brasil como terceiro colocado, uma posição abaixo da anterior, anunciada em maio. Campeã, a França foi a que mais somou pontos (150) e aparece como nova líder, ganhando seis posições. Logo atrás está a Bélgica, terceiro lugar na Rússia e responsável pela queda da equipe treinada por Tite.

Os anfitriões da Copa, aliás, foram os que mais subiram: 21 colocações, aparecendo agora em 49º. São quatro as novas seleções no Top 10: a vice-campeã mundial Croácia (4º), Uruguai (5º), Inglaterra (6º) e Dinamarca (9º). Saíram desse grupo, Argentina (11º), Polônia (18º) e Chile (12º) e quem mais chama a atenção pela queda, a ex-primeira colocada Alemanha. A defensora do título e eliminada na primeira fase na Rússia agora aparece em 15º. Só não é pior do que o Egito. A equipe liderada pelo craque Salah foi o maior perdedor de pontos (77) e posições, de 45º para 65º.

Grêmio fora

Injustiça na eliminação do Grêmio na Copa do Brasil? Se olharmos por um lado, sim. O time de Renato Portaluppi teve o domínio do jogo e o Flamengo conseguiu o gol numa falha individual de Cortez. Mas o que faltou no Grêmio foi uma agressividade ofensiva. A equipe teve toque de bola – pecou na troca de passes, é verdade -, mas faltou aquele toque de mestre para deixar os atacantes pifados. Renato continua insistindo em André, em detrimento de Jael. Por outro lado, a eliminação do Grêmio da Copa do Brasil não é uma injustiça. O Flamengo jogou com o regulamento embaixo do braço. Tentou não se expor e conseguiu seu objetivo. Ao Grêmio, é preciso rever coisas a fim de se remobilizar para a disputa da Libertadores, onde precisa reverter uma situação em casa diante do Estudiantes.

Joga bonito

O técnico Renato afirmou ao final da partida diante do Flamengo que o Grêmio joga o futebol mais bonito do País e eu concordo com isso. Mas, isso não dá garantia de ser um time competitivo. Quantas chances de gol o time teve nesta partida de volta da Copa do Brasil? Poucas, muito poucas. Assim, está mais do que na hora do treinador rever algumas situações e treinar algumas jogadas diferentes.

Colorado show

O Internacional parece estar embalado. Com apenas o Brasileirão pela frente e com uma grande campanha neste seu retorno entre os grandes, iniciou a semana em estado de êxtase, com a goleada sobre o Fluminense por 3x0, no Rio de Janeiro, além da contratação de Paolo Guerrero. O torcedor está com o ego nas alturas e promete invadir o Beira Rio neste domingo diante do Paraná, na partida que fecha o 1º turno do Colorado.

Avenida

O Periquito estreou na Copinha com uma bela vitória diante do Lajeadense num clássico regional. Pelo que se tem falado por aí o time é bom e a aspiração nos Eucaliptos é pelo título da Copa Wianey Carlet. Mas mais do que isso, vale a preparação para o Gauchão do ano que vem, ano em que o clube completa 70 anos, no dia 6 de janeiro.

Santa Cruz

No Santa Cruz houve uma proposta de remodelação do Estádio dos Plátanos, apresentada há dez dias pela ex-vice-presidente do Inter, Diana de Oliveira, que apresentou um projeto ousado com a construção de torres com apartamentos. Outra proposta apresentada é uma parceria com um empresário de renome para investimento no futebol profissional e administração das categorias de base. Vejo que no Galo existem possibilidades do clube se remodelar, torná-lo mais atrativo para o torcedor, mas é necessário que os conselheiros tenham um posicionamento para tal. Ou se abrem para novidades ou permanecem num marasmo e encarem a realidade – que é a 3ª Divisão – sem uma perspectiva de sair desta situação.

 

PortalArauto
Mesmo sem chegar à decisão, Seleção brasileira não caiu muito no ranking mundial (Divulgação)





Jacson Miguel Stülp

Jacson Miguel Stülp, jornalista de formação, especializado em Comunicação Empresarial e Marketing. Atua no meio do esporte há 20 anos como repórter, editor, setorista, assessor de imprensa e devorador de mídia esportiva. É autor, entre outras coisas, do livro Orgulho Centenário, que conta os 100 anos do FC Santa Cruz.




Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br