Geral

Coordenadoria da Diversidade de Santa Cruz participa de atividades em São Paulo

Publicado em: 09 de junho de 2024 às 08:55
  • Por
    Portal Arauto
  • Fonte
    Prefeitura de Santa Cruz do Sul
  • Foto: Divulgação
    compartilhe essa matéria

    Jornada permitiu a participação em fóruns, assembleias, reuniões estratégicas, seminários e agendas para a reivindicação de políticas públicas

    Santa Cruz do Sul esteve representada em diversas atividades da programação da Parada LGBTQIA+ de São Paulo, considerada a maior do mundo e ocorrida na última semana. O coordenador do Departamento Municipal de Diversidade, Ruben Quintana, interagiu com outros agentes públicos e aproveitou a oportunidade para divulgar o trabalho que vem sendo desenvolvido no município.

    A agenda na capital paulista começou no dia 28 de maio. Conforme Quintana, a jornada permitiu a participação em fóruns, assembleias, reuniões estratégicas, seminários e agendas para a reivindicação de políticas públicas. Como exemplos, citou o encontro da Aliança Nacional, à qual é filiado e coordenador no Rio Grande do Sul. Ele também esteve presente na assembleia do Fórum Nacional de Gestores e Gestoras LGBTI do Brasil (FONGES), que reúne gestores de departamentos LGBT dos poderes executivos federal, estaduais e municipais.

    De acordo com Quintana, dentre as diversas pautas em discussão, destacaram-se a seguridade dos direitos civis da população LGBTQIA+ e a aplicação de políticas públicas como políticas de Estado. Outro tema abordado foi a previdência social. “O assunto começa a ter enfoque maior, pois a média de vida da população LGBTQIA sempre foi abaixo da média geral. Hoje começamos a nos preocupar mais com estas pessoas na terceira idade”, explicou.

    Outro momento importante do roteiro foi o encontro com a coordenadora da Diversidade de São Paulo, Léo Aquila. Na oportunidade, Quintana apresentou o Plano Municipal de Políticas Públicas da Diversidade e entregou o convite para o Fórum da Diversidade de Santa Cruz Do Sul, que ocorrerá em 18 de outubro. “Esta experiência dá a certeza de que Santa Cruz do Sul está a frente de muitas regiões do país e no rumo certo. Certamente, os resultados das políticas implantadas no município terão efeitos extraordinários nos direitos e respeito à população LGBTI+”, avaliou.

    LEIA TAMBÉM: Obra do Viaduto do Arroio Grande entra em nova fase