Geral

Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental da Unisc atua na preservação dos recursos naturais

Publicado em: 06 de junho de 2024 às 06:50
  • Por
    Portal Arauto
  • Fonte
    Assessoria de Comunicação da Unisc
  • Foto: Divulgação
    compartilhe essa matéria

    PPGTA prepara profissionais para lidar com problemas ambientais por meio do conhecimento e do domínio de ferramentas de gestão promovendo o desenvolvimento sustentável

    O Dia Mundial do Meio Ambiente foi instituído em 1972 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e é comemorado no dia 5 de junho, data em que aconteceu a Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, em Estocolmo, Suécia.

    Tem por finalidade criar uma postura crítica e ativa em relação aos problemas ambientais existentes no planeta, destacando a importância da preservação dos recursos naturais. Esses objetivos ficaram escancarados neste mês de maio no Rio Grande do Sul, após as trágicas consequências sociais, ambientais e econômicas das enchentes que devastaram o Estado, produto dos extremos climáticos que estão aumentando em periodicidade e intensidade devido às mudanças climáticas.

    Neste contexto, o Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Tecnologia Ambiental (PPGTA) da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) tem se debruçado na preservação dos recursos naturais. “E nesta tarefa, consideramos a missão da nossa Unisc de produzir, sistematizar e socializar o conhecimento, visando à formação de cidadãos livres, capazes e solidários, contribuindo para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável, e mais especificamente a nossa missão de formar pesquisadores na área de Tecnologia Ambiental, com base em uma abordagem interdisciplinar de inovação científica e tecnológica, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da sociedade”, ressalta o coordenador adjunto do PPGTA, Eduardo Alexis Lobo Alcayaga.

    Assim, o PPGTA prepara profissionais pesquisadores para lidar com problemas ambientais de forma proativa, através do conhecimento e do domínio de ferramentas de gestão e tecnologias voltadas ao meio ambiente, promovendo o desenvolvimento sustentável. Na linha de pesquisa “Gestão e Manejo de Recursos Naturais”, o Programa está conectado com ações e estudos de monitoramento ambiental em bacias hidrográficas, incluindo a preservação e conservação de ecossistemas. Vinculado a esta linha de pesquisa está o Grupo de Pesquisa em Limnologia (LIMNO/UNISC), liderado pelos professores Eduardo Lobo Alcayaga e Adilson Ben da Costa, que conta com a participação de alunos de mestrado, doutorado e pós-doutorandos, além de bolsistas de iniciação científica da graduação, num enfoque interdisciplinar.

    Em relação à preservação dos recursos naturais, este grupo tem trabalhado, nos últimos dois anos, num levantamento qualitativo e quantitativo da flora e fauna do Cinturão Verde (CV), um fragmento florestal urbano com uma área de 465 hectares, que contorna ao norte e leste de Santa Cruz do Sul, formando um extenso corredor ecológico de indiscutível importância e beleza. Esta área abriga uma significativa biodiversidade de fauna e flora nativas da Mata Atlântica, caracterizando um dos mais expressivos serviços ecossistêmicos de suporte que o CV oferece à comunidade santa-cruzense.

    LEIA TAMBÉM: Plantio de 65 árvores celebra o Dia do Meio Ambiente e o aniversário de Vera Cruz

    Além disso, esta linha de pesquisa do PPGTA está vocacionada a compartilhar o conhecimento científico junto à comunidade escolar santa-cruzense, mostrando, com uma linguagem simples, as belezas escondidas no CV, a flora e fauna, para que sejam conhecidas, apreciadas e entendidas, de tal forma que as pessoas incorporem o CV à cidade, que se sintam parte integrante do mesmo, e sejam capazes de visualizar os inúmeros serviços ecossistêmicos que oferece como, por exemplo, regulação do clima, controle de alagamentos e manutenção da diversidade biológica. “Este é, também, o papel estratégico da extensão universitária da Unisc, qual seja compartilhar o conhecimento científico junto à comunidade escolar, promovendo o desenvolvimento social com sustentabilidade ambiental, buscando despertar a criticidade nos estudantes, construindo caminhos e saberes”, completa o professor.

    O Grupo LIMNO/UNISC realizou, em 2023, 11 palestras em escolas de Ensino Fundamental e Médio, públicas e privadas, na cidade de Santa Cruz do Sul, discorrendo sobre o tema “Biodiversidade do Cinturão Verde: Fauna e Flora e principais desafios”, totalizando um público de 795 estudantes.

    Da mesma forma, encontra-se em preparação o livro “Biodiversidade dos Vales” cujo objetivo é oferecer uma visão abrangente das espécies de flora e fauna encontradas na região dos Vales, fornecendo informações valiosas para auxiliar na educação ambiental e em trabalhos técnicos. Além disso, o livro destaca a importância da conservação e preservação dos vales como um todo, ressaltando a necessidade de ações sustentáveis e conscientes para garantir a proteção desses ambientes únicos.

    Com uma linguagem acessível e conteúdo rico, este livro será uma referência indispensável para aqueles que desejarem compreender e valorizar a biodiversidade dos Vales e contribuir para um futuro ambientalmente saudável. “Nos comprometemos sempre a continuar a aprender com o passado, com os efeitos já visualizados, e pensar o futuro, continuando nesta trajetória de pesquisa, divulgação científica e formação de novos pesquisadores voltados a um ambiente sustentável”, finaliza o professor.