Eleitor posta foto com revólver sobre a urna eletrônica em Cachoeira do Sul


Publicado em 07/10/2018 14:26 Atualizado em 07/10/2018 15:56 Região Cobertura Especial   REDES SOCIAIS Fonte: Correio do Povo

Na manhã deste domingo (7), um eleitor de Cachoeira do Sul postou uma foto com um revólver calibre 38 em cima de uma urna eletrônica. Segundo o que foi divulgado pelo Jornal Correio do Povo, na legenda da foto estava escrito: “Chupa PT. Aqui és RS”. 

A Polícia Civil de Cachoeira do Sul vai investigar, a pedido do Ministério Público Eleitoral, o caso onde eleitor também revela em quem votou para presidente.  Segundo o promotor Rodrigo Zílio, coordenador do gabinete eleitoral do Mnistério Público no Estado, foi solicitada abertura de investigação, que será feita pela Polícia Civil, porque não há delegacia da Polícia Federal em Cachoeira. Foi a promotora eleitoral Giani Pohlmann Saad que fez a requisição de abertura de inquérito.

Ainda de acordo com o Jornal Correio do Povo, também foi remetida cópia do expediente à Procuradoria Regional Eleitoral solicitando a retirada do ar das publicações. A competência para decidir é do juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral. Três possíveis crimes devem ser apurados pela polícia: violação do sigilo do voto, ameaça a eleitores de um partido adversário e propaganda de boca de urna. Em um primeiro balanço do domingo, a PF informou que 43 eleitores são suspeitos de crime eleitoral no estado.

A Lei Eleitoral 4737/65 proíbe que seja feita qualquer tipo de foto ou seja gravado vídeos durante a votação, incluindo fotos da urna e selfies na cabine. A lei foi criada para proteger o sigilo do voto, impedindo, por exemplo, que um cidadão tire uma foto para comprovar que votou em determinado candidato. 

PortalArauto
A Polícia Civil de Cachoeira do Sul vai investigar, a pedido do Ministério Público Eleitoral, o caso onde eleitor também revela em quem votou para presidente (Foto: Divulgação)






Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB