Decisão nos Eucaliptos


Publicado em 16/03/2018 Atualizado em 16/03/2018 09:29

O Avenida tem decisão nos próximos dias contra o Caxias. Neste sábado o jogo de ida e na terça-feira, a volta, em Caxias do Sul. Trata-se de uma oportunidade de fazer história, colocar seu nome entre os quatro melhores do Gauchão. Trata-se de uma façanha inigualável na história de quase 75 do Periquito. Mas, nada é impossível. E a presença do torcedor é fundamental para que o clube possa largar com uma boa vitória no primeiro jogo.

Precisa crescer

O FC Santa Cruz estreou em casa esta semana e apresentou os mesmos problemas defensivos do clássico contra o Guarani, principalmente na etapa inicial. Teve poder de reação e força para buscar o placar diante do São Gabriel. Agora, vai encarar o Inter em Santa Maria e a busca será pela primeira vitória.

Aliás

Conforme antecipado pela coluna no final do ano, o Conselho Deliberativo do Galo começou a discutir a permuta dos Plátanos por um novo estádio, numa proposta de uma construtora de olho em parte do patrimônio do FC Santa Cruz. O mesmo seria localizado em Linha Santa Cruz e contaria com uma estrutura ampla – campo principal com arquibancadas para quatro mil pessoas, mais dois campos suplementares de treinamento. Um baita negócio, ao meu ver, pois o clube receberia um local em condições ideais para receber sus torcedores e ficaria ainda com a área “nobre” dos Plátanos para erguer sua sede e ocupar com outros espaços.

Aliás II

Acredito que deixar a área central da cidade e ir para Linha Santa Cruz – um bairro que está em franco crescimento – não é demérito para ninguém, e pode ser o início de uma nova era tão aguardada pelos alvinegros. É hora de pensar em mudar sim, e ir para um bairro populoso, se aproximar de novos torcedores deve ser uma alternativa que precisa ser levada em conta pelo grupo de conselheiros que vai tomar uma decisão.  

Tudo é Gre-Nal

E mais uma vez não haverá Gre-Nal na decisão do Gauchão. A saga se repete nos últimos anos, sempre por tropeço de uns e ou outros. Que seja uma disputa sadia, onde vença o melhor.

Meteoro

Talvez tenha pouco destaque na mídia e por isso, merece ser observado com maior atenção. O eisstocksport é um esporte ainda novo no Brasil, mas que está literalmente viralizando a nível mundial. Com apenas 14 anos de prática em Santa Cruz e região, portanto no Brasil, neste último mundial surpreendeu o mundo com o seu meteórico crescimento.

Façanha

Equipe masculina brasileira disputou as finais com os ícones deste esporte no gelo - como a Alemanha, Áustria e Itália. No Mundial, o Brasil hoje é a quarta potência mundial, tanto no adulto como no Sub 19. Trata-se de uma verdadeira façanha para quem não tem gelo para treinar. Dezenas de países que jogam o eisstock há centenas de anos, já foram ultrapassados pelo Brasil. Isso prova a versatilidade dos atletas brasileiros e a sua dedicação por este esporte que leva Santa Cruz do Sul para o mundo como poucos outros esportes o fazem. Outro fator que impressiona é que no Brasil são no máximo uma centena de praticantes, contra milhares dos outros países, o que torna a façanha ainda maior. Existe a possibilidade de em 2022 o eisstorcksport ser um esporte olímpico e a equipe brasileira cresce a passos largos, com o olhar olímpico se voltando para Santa Cruz do Sul e região.

PortalArauto
Time brasileiro de eisstocksport fez história com o quarto lugar na Áustria (Divulgação)





Jacson Miguel Stülp

Jacson Miguel Stülp, jornalista de formação, especializado em Comunicação Empresarial e Marketing. Atua no meio do esporte há 20 anos como repórter, editor, setorista, assessor de imprensa e devorador de mídia esportiva. É autor, entre outras coisas, do livro Orgulho Centenário, que conta os 100 anos do FC Santa Cruz.



Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br